Maria Monda

Três cantoras aliam as suas vozes ao ritmo da percussão, para reinterpretar o cancioneiro lusófono e cantar a poesia de língua portuguesa.
Sofia Adriana Portugal, Susana Quaresma e Tânia Cardoso partilham o gosto pela pesquisa vocal, sonora e cénica. Estas são as três mulheres que mondam canções e saberes antigos de forma contemporânea, através do canto polifónico e dos ritmos da percussão. Cantam repertório do cancioneiro lusófono, mas também composições originais que acentuam a força da palavra e da poesia.
Mondar é limpar, arrancar as ervas daninhas, deixando o essencial para que tudo floresça, e para as Maria Monda a essência está no tecer das vozes, ora em sedas suaves, ora em mantas rudes, cantando em homenagem à Terra-Mãe, de nome Maria.