ze; hugo

Soneto para o último dia

Rute Sousa Blog

És muito mais do que som
mais ainda que palavras
Pausa marca tempo tom
desembainhar de espadas

páginas tantas magias
Que revoltam rebeldias
e este lugar onde trazes
mais sentido as liberdades

Onze sóis quarto crescente
ponto de fuga ao afélio
Cristal claro que consente

Memória esculpida a óleo
por onde corre a corrente
Das revoluções no Folio