Autorenfoto_Jutta Bauer_right_karenseggelke

JUTTA BAUER, FERNANDA FRAGATEIRO E OS 20 ANOS DO PRÉMIO NACIONAL DE ILUSTRAÇÃO NO FOLIO ILUSTRA

O FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos conta com a presença da ilustradora Jutta Bauer, vencedora do equivalente ao Prémio Nobel da Literatura Infantil, na segunda edição do Folio Ilustra. Na inauguração da PIM – Mostra de Ilustração Para Imaginar o Mundo, sábado, 24 de setembro, tempo ainda para ver a Utopia pelo olhar coletivo de vários ilustradores, entre os quais Fernanda Fragateiro, e de entregar a João Fazenda o Prémio Nacional de Ilustração de 2015.

A PIM – Mostra de Ilustração Para Imaginar o Mundo do Folio Ilustra vai contar com a presença da premiada ilustradora alemã Jutta Bauer, vencedora em 2010 do Prémio Andersen Christian Hans, o equivalente ao Nobel da Literatura Infantil. Com um trabalho que revolucionou a literatura para a infância, Jutta é uma das ilustradoras mais traduzidas e premiadas e estará em Óbidos no dia 24 de setembro, sábado, pelas 16 horas. No mesmo dia, inaugura-se a exposição que promete mostrar um olhar arrojado sobre a Utopia, no festival que celebra os 500 anos sobre a publicação de ‘Utopia’, de Thomas More.
A destacar ainda a presença da obra de Fernanda Fragateiro, reconhecida artista plástica portuguesa, e as comemorações dos 20 anos do (PNI) Prémio Nacional de Ilustração. Tudo numa exposição que vive quase em forma de cidade ilustrada que promete muitas surpresas.
“Vai ser uma exposição completamente inovadora e, sem revelar as muitas surpresas, posso antecipar que as paredes não serão o único veículo expositivo”, antecipa Mafalda Milhões, curadora do Ilustra. Num ambiente ‘mecanizado’, a Utopia vai viver-se pelo espaço da Galeria Ogiva, em Óbidos, que se vai encher de trabalhos de ilustradores de renome como André Neves, Helena Zália, Ana Seixas, Marta Torrão, Rachel Caiano, Paulo Galindro, Bernardo Carvalho, Yara Kono, Teresa Cortêz, Marina Palácio), Margarida Botelho, Paul Hardman e João Fazenda (Vencedor do PNI 2015) entre outros. “Este coletivo e a forma de apresentação de toda a exposição são os grandes trunfos na construção de uma narrativa de imagem perfeita”, remata Mafalda Milhões.
A inauguração da PIM fica também marcada pelas comemorações dos 20 anos do Prémio Nacional de Ilustração (PNI) e pela entrega do Prémio PNI 2015, que distinguiu o conjunto de ilustrações do livro ‘Dança’, da autoria de João Fazenda (editora Pato Lógico) e as duas Menções Especiais à obra de Bernardo P. Carvalho, “Verdade?!” e às ilustrações de “Gato procura-se”, de Yara Kono.

Sobre Jutta Bauer
Nascida em 1955 em Hamburgo, Jutta Bauer estudou design e é uma das mais prestigiadas ilustradoras a nível mundial. Publicou obras como ‘Selma’, ‘O Anjo da Guarda do Avô’ e ‘Rainha das Cores’ e conta com vários prémios no currículo, entre os quais o German Youth Literature Prize (2001), e o Prémio Hans Christian Andersen (2010), considerado o Nobel da Literatura Infantil.

Sobre João Fazenda
João Fazenda nasceu em Lisboa, em 1979. Licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, trabalha como ilustrador desde 1999 e conta com vários prémios no currículo, entre os quais Melhor Livro de Banda Desenhada Português – Festival de BD da Amadora, Awards of Ecellence – Society of News Design e o Grande Prémio Stuart de Desenho de Imprensa.

Sobre o Prémio Nacional de Ilustração
Criado em 1996, é atribuído pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e pretende promover o reconhecimento da ilustração original e de qualidade nos livros para crianças e jovens, distinguindo um conjunto de ilustrações originais publicadas numa obra editada no ano anterior. O valor do Prémio é de 5.000 €, acrescido de uma comparticipação de 1.500€ para apoio à deslocação à Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha. As Menções Especiais, no valor de 1.500€ cada, são destinadas a comparticipar duas deslocações a esta Feira.