Djaimilia folio

DJAIMILIA PEREIRA DE ALMEIDA NO FOLIO 2016

Rute Gil Autores

“O cabelo e escrever precisariam de vir um dia a alinhar-se como um par num reencontro. O livro do cabelo, no entanto, exigiria o esforço de deixar a literatura à porta, como o meu marido esperando-me ao longo dos anos em quatro automóveis diferentes e ligando-me para perguntar se já me despachei, com receio de se dar a ver às raparigas dos salões, tantas vezes preconceituosas, ficando no carro para me proteger de reparos, ouvindo rádio, mexendo no telefone, fazendo tempo. No livro do cabelo, a literatura faz tempo no carro e olha-me sem me reconhecer à primeira quando entro perguntando-lhe se gosta.”
Esse Cabelo, Djaimilia Pereira de Almeida

Djaimilia Pereira de Almeida nasceu em Luanda em 1982. Em 2013, foi uma das vencedoras do prémio de ensaísmo serrote (Instituto Moreira Salles, Brasil). Publicou ensaios curtos no Afrolis, no Buala, na Common Knowledge, na Forma de Vida, na Ler, no Observador, e também na XXIEsse Cabelo (Teorema/Leya, 2015), vencedor do Prémio Novos Literatura 2016, é o seu primeiro livro. No início de 2016, foi uma das finalistas da Rolex Mentor and Protégé Arts Initiative.