Clarice Lispector

CLARICE: UMA MULHER NO FOLIO

Rute Gil Autores

“E como nasci? Por um quase. Podia ser outra. Podia ser um homem. Felizmente nasci mulher. E vaidosa. Prefiro que saia um bom retrato meu no jornal do que os elogios.Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.”

Clarice Lispector foi homenageada no Folio com uma aula dada por Carlos Mendes de Sousa.

Consulte o site oficial de uma das autoras que mais homenageou as mulheres, em todas as suas vertentes, ou, como ela própria dizia “um sorriso no rosto e mil segredos no coração”.