A Curadoria do “FOLIO Autores” convida-o a participar na 5.ª edição do “FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos”, que decorrerá de 10 a 20 de outubro de 2019 e terá como tema principal “O Tempo e o Medo”.

O “Tempo e o Medo” serviu de mote para a programação do “Folio Autores”, na escolha dos oradores e dos temas propostos para cada uma das quinze mesas que decorrem de sexta a domingo, nos dois fins de semana entre 10 e 20 de outubr o de 2019.

Com este tema queremos refletir sobre as inquietações e perplexidades dos nossos tempos e os medos que ensombram as nossas perspetivas de futuro.

Queremos refletir sobre os medos atávicos – da morte, da escuridão, do desconhecido, da violência que pontua o nosso dia-a-dia –, sobre os medos que nascem do racismo e da xenofobia, passando pelo medo das agressões no interior da família, das consequências das alterações climáticas, e por todos os medos que nos mobilizam e nos levam da inação à ação e à reação.

À semelhança das edições anteriores, em que o FOLIO acolheu dezenas de autores portugueses e estrangeiros, originários de mais de 20 países, contamos este ano com um variado leque de destacados nomes da literatura mundial.

Isso mesmo está patente nas sessões de abertura e de encerramento do festival: “O Medo do Futuro”, num debate entre o filósofo brasileiro Francisco Bosco e o analista em relações internacionais Bernardo Pires de Lima, no dia 11, terminando, no dia 20 de outubro, com a conversa entre dois ilustres cientistas portugueses, Alexandre Quintanilha e Pedro Matos Soares, sobre as alterações climáticas.

Pelo meio, vamos ter oportunidade de ouvir Alexandre Andrade, Joana Bértholo, Dulce Maria Cardoso, Hélia Correia, José Gil, Lídia Jorge, Nuno Júdice, Rui Cardoso Martins, Ricardo Araújo Pereira, Rui Pedro Tendinha, Patrícia Reis, Valério Romão; Ralf Rothmann (Alemanha); José Eduardo Agualusa, Júlio Almeida, Ondjaki (Angola); Tati Bernardi, Geovani Martins, Paulo Werneck (Brasil); Christoffer Petersen (Dinamarca/Gronelândia); Marina Perezagua (Espanha); John Freeman, Donald Ray Pollock (EUA); Mathias Énard (França); Elena Varvello (Itália) e Arne Dahl (Suécia) desafiados a falar sobre medos específicos que estão presentes na sua obra literária.

Estamos convencidos de que construímos um programa desafiante e de que estes dias em Óbidos convidarão todos a uma inevitável reflexão, urgente nos tempos que correm, ajudando-nos a preparar um futuro melhor.

Ana Sousa Dias
Pedro Sousa
Curadores FOLIO AUTORES