20171019_182318

20 de Outubro

David Vieira Blog

No segundo dia do FOLIO 2017, a tarde vai estar cheia de conversas, apresentações de livros, contos e concertos. Pelo meio, há um brinde obrigatório, feito com um livro no bolso e o vinho no copo.

Alice Brito e Helena Vasconcelos vão estar “Em busca da vida prometida”, com moderação de Carla Macedo. Uma conversa para assistir às 15 horas, no auditório da Praça da Criatividade.

Vamos ter ainda Victor Sebestyen à conversa com Catarina Carvalho, às 17 horas, também na Praça da Criatividade, e, na Igreja da Misericórdia, às 17h30, Pedro Mexia e Filipe Melo falam sobre cinema. Já agora, às 20h30, há projeção de filme: “Sob céus estranhos”, com a presença do realizador Daniel Blaufuks.

“As amargas vitórias das revoluções” é a conversa que termina o dia, às 21 horas, que coloca David Toscana e Mempo Giardinelli frente a frente.

Esta sexta-feira reserva-nos ainda uma aula sobre “Almada Negreiros e Ramón Gómez de la Serna”, por Antonio Sáez Delgado, no jardim do Solar, na Praça de Santa Maria, às 16h30.

E porque o FOLIO é a festa de Cultura, o FOLIO recebe, este ano, o Óbidos Wine Fest 2017. Um espaço onde a cultura do vinho português estará sempre em destaque e que abre portas às 15h00, na Sala do Terraço, na Galeria do Pelourinho, bem no centro da Vila Literária.

Por falar em vinho e em tradição, às 19h30, na Livraria da Adega, acontece o primeiro concerto do dia: EIRÓ – Projeto de Cantares Tradicionais, uma programação INATEL, com entrada livre.

Às 22 horas há mais música. Viloko Jazz Trio dão espetáculo, na Tenda de Concertos, inserido na programação da iniciativa Caldas Nice Jazz. A entrada também é livre.

“Um País silencioso”, de Carlos Guardado Silva, “Portuguese Emerging Art 2017”, que promove o trabalho produzido por artistas emergentes portugueses, ou “Il n’y a plus rien de Leo Férré”, apresentado por Luís Cília, são apenas alguns dos livros que todos vamos poder folhear nesta sexta-feira FOLIO.